Pages Menu
Facebook
Categories Menu

Boitempo, de Carlos Drummond de Andrade

Boitempo, de Carlos Drummond de AndradeBoitempo é uma obra que trata das recordações da infância. Estruturado em dois volumes, o livro reproduz alguns dos temas constantes da poesia de Drummond de, a saber: a infância, a memória, a visão irônica do mundo.

 

A obra de Carlos Drummond de Andrade, apesar de começar a ser publicada em 1930, insere-se dentro das propostas estético-ideológicas da Primeira Geração do Modernismo Brasileiro [1922-1930], na medida em que se utiliza do verso livre [o que é facilmente constatado pela leitura de seu primeiro livro, Alguma poesia], da temática coloquial e urbana [presente em poemas como “Inocentes do Leblon” ou “Morro da Babilônia”, de Sentimento do mundo] e da ironia [a visão corrosiva da vida e do mundo comparece na obra do poeta mineiro desde a primeira página de Alguma poesia, nos versos do “Poema de sete faces”].

 

Para saber mais sobre Boitempo, clique aqui e aqui.


0 Comments

Trackbacks/Pingbacks

  1. Irmãos… | rubensvieira.com - [...] Este é o último parágrafo do poema “Irmão, Irmãos”, contida no livro Boitempo, uma coletânea de poemas memorialísticos do ...

Post a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

peliculas de comedia